sexta-feira, 4 de março de 2011

Amor e Dor

Amor e Dor

O amor não ocupa espaço.
Pode-se amar mil pessoas que sempre caberá mais amor e mais amar. Ele purifica, transcende e perfuma o ar em volta de nós...
Já a dor, essa, por minúscula que seja, parece uma farpa a nos pinicar a alma. Ocupa tanto território que extrapola a nós mesmos, bate nas paredes e vai contaminando tudo à sua volta, inflamando, invadindo.
A dor, silenciosamente, como um tumor maligno, causa metástase na alma...

3 comentários:

chica disse...

Linda expressão da dor e foste brilhante nessa comparação com o amor!

beijos, lindo feriado,chica

Beth/Lilás disse...

Ai, a dor é mesmo algo que atordoa e mata, mas o amor na sua amplitude é o que nos salva!
bjs

manuel marques disse...

Amor e dor fazem parte de quem ama.

Beijo.